sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Quando eu for embora

olhares.com


Quando eu for embora vão notar o quanto um quarto vazio pode lembrar a minha falta.
Vão entender porque bater as portas pode ser tão irritante.
Vão perceber que os domingos sem as minhas verdades se tornam entediantes.
Vão querer as minhas críticas que já se cansaram de ouvir.
Vão me ligar e perguntar por que eu tinha que ir.

Mas eu não volto.

Ah... quando eu for embora!

9 comentários:

Magnum Borini disse...

Nossa! q profundo! adorei! hauahauu

então to de volta! vou ver as novidades!

bjão!

Victor Canti disse...

faz tempo que não sei o que é isso, a mudança... mas esses dias minha namorada voltou pra minha cidade deixando todos na república sentindo muita falta, notava-se pelos presentes e choros....rs
interessante seu tema
bom fds!!
beijão

Danilo disse...

quando as coisas não estão boas, o importante é ir, ir, ir.

Monday disse...

se aceitas sugestões, vá de navio, não de trem ... o caminho é desprovido de regras e trilhos ...

Conde Vlad Drakuléa disse...

Flap!Flap!Flap! Pousei...

Não vá, fique! Tens importância para o conde, eu gosto de teus escritos... Não é sempre que posso voar por aqui, mas adoro sempre que venho, porisso digo não vás, fique!

Beijos do conde :)

Voei, Flap!Flap!Flap!

Nadezhda disse...

Se um dia eu for, talvez será para não voltar. Não sei dizer. Mas isso demorará ainda!

;)

Sininho disse...

É disto que eu falo aos meus amigos =D

Linda verdade a sua!
(Voltarei por aqui)

Um Beijo*

jordan shoes disse...

i agree your idea ! very nice blog

intelligence disse...

louis vuitton speedy
louis vuitton wallet
louis vuitton purses